Por que novamente a ladainha da “autoridade constituída por Deus”?

Os pastores evangélicos brasileiros frequentemente retomam o discurso da defesa de algum governante baseado na ideia bíblica da “autoridade constituída por Deus”. Será que trata-se de uma doutrina cristã inequívoca e incontestável? Será que há algum consenso entre os cristãos sobre a ideia da “autoridade constituída por Deus”?

Criatura de Deus

Há 2020 anos – reza a História – nasceu Jesus Cristo. A jornada deste ser especial foi imortalizada pela religião católica: o menino nasce em Belém numa manjedoura; aquecido pelo calor de um burro e de uma vaca. Jesus é filho de uma mulher virgem – Maria imaculada – e seu pai de criação – […]

A interpretação da fé, das obras e do conceito de salvação (2ª Parte)

Nesta segunda parte, concluo a reflexão sobre o uso da fé como produto de mercado. Indulgências modernas Sem me alongar num estudo sobre as origens do Pentecostalismo, “Ele tem suas raízes no Movimento Holines, uma tendência que se alastrou pelas Igrejas dos EUA – principalmente as metodistas – na segunda metade do século XIX” (HILL, […]

A interpretação da fé, das obras e do conceito de salvação (1ª Parte)

Este artigo é um tanto longo para ser publicado de uma só vez. Por isso vou dividi-lo em duas partes. Nessa primeira, abordo as questões da fé desde a idade média, com a venda das indulgências e a Reforma Protestante até a chegada do Protestantismo ao Brasil, com os primeiros imigrantes que vieram após a […]

Quem goza, buzina; quem ama, perdoa. Enquanto isso, o preconceito (religioso) mata!

Enquanto forma de exortação sobrevivencial ao confinamento advindo da crescente mortalidade por COVID-19 no Brasil, “Azougue Nazaré” foi gratuitamente disponibilizado para audiência via ‘streaming’. Poucos anos após a sua realização, ele funciona não apenas enquanto prognóstico social mas enquanto registro mui verossímil da perniciosidade moral atrelada à extrema-direita política, em que a hipocrisia é a principal chave ativa.

Sedento

Se essa enorme sede nos tardar

Então que  seja plena, absurda, monstruosa

Pois me trará a consciência viva e acesa,

O Reino da Estupidez

Estamos todos em casa, confinados, cumprindo aquilo que o nosso dever cívico nos pede, aquilo que o nosso governo – e presidente – nos solicita, aquilo a que apelam os nossos médicos e enfermeiros e, em última instância, aquilo a que o bom senso nos impele; e, depois, andam por aí umas cavalgaduras a passear-se […]

A cristianização do império romano

“A mera decapitação não fora suficiente. Seguiram-se mais golpes, tirando o escalpe a Atena, arrancando o elmo da cabeça da deusa, partindo-o em pedaços. Seguiram-se mais golpes. A estátua tombou do seu pedestal, depois os braços e os ombros foram cortados. O corpo foi deixado sobre a terra, de barriga para baixo; o altar próximo […]

As heranças religiosas legadas a Roma

As religiões são sempre fruto de um conjunto de influências e de contextos. A religião de Roma foi também um resultado dos hábitos, práticas e crenças dos povos com que conjuntamente ocuparam a península itálica. Numa primeira fase (700-509 a.C.), destaca-se o legado Etrusco que consistiu na interpretação dos prodígios e nas práticas de adivinhação, […]

Crenças, rituais e deuses romanos

Além do célebre panteão divino, a religião romana tinha por base outras manifestações de índole religiosa. Estas resultaram da mentalidade dos povos primitivos, da ligação dos romanos à terra, da sua concepção de morte e das suas arreigadas crenças e superstições. A este conjunto acrescenta-se ainda uma marca de originalidade da civilização romana: a criação […]

Avatar

Há uma coisa que nos espera a todos no final da vida: a morte. A morte tem tanto de tenebroso e assustador como de misterioso. O que nos sucederá após a nossa morte? Há várias respostas; o que não faltam são respostas que – na verdade – são meras hipóteses de trabalho… Todavia, estas hipóteses […]

De quando um filme português salva a vida do espectador

Extremamente autoral em cada minúcia, “Vitalina Varela” surge como a demonstração cuidadosa do estilo sumamente autoral do lisboeta Pedro Costa, um dos cineastas mais elogiados da década por seus méritos intrinsecamente cinefílicos. Mas há algo que transcende a própria magnificência da Sétima Arte neste filme: além de ser uma poderosa declaração de amor ao próximo e de requisitar uma função ressignificada da religião na contemporaneidade, é um manifesto em prol dos trabalhadores pobres (e imigrantes).

“Se rezar, passa?” Nem sempre. Mas, no cinema brasileiro, cada tentativa é válida”

Tal qual ocorre em qualquer país, um dos passos mais recomendados para consolidar a nacionalidade de uma indústria cinematográfica é investir nas biografias de pessoas famosas. Ainda que isto não assegure qualidades autorais, os filmes que reconstituem eventos já conhecidos do público tendem a chamar a atenção de grandes platéias, além de consolidar as carreiras de alguns intérpretes.

A Verdade

Talvez a Verdade seja algo tão inacessível para nós que nós, nessa busca, apenas entendamos partes da Verdade. E, sendo assim, aquilo que cada um de nós proclama como a Verdade pode apenas ser uma parcela da Verdade, uma interpretação possível da Verdade…

Religião e Ciência

Serão estas duas temáticas assim tão distantes? Creio que não. Sou investigadora e sou cristã. E estas duas realidades não poderiam viver em mim mais pacificamente. Nunca as vi como áreas que competem. É muito curioso ver o quão difícil é, para outros cientistas, perceberem isto. E com (alguma) razão. Associamos os cientistas às descobertas. […]