Memória Institucional: uma ferramenta de Gestão Estratégica

Para quê um Projeto de Memória Institucional?Uma sociedade que luta constantemente para manter a juventude, lida mal com a passagem do tempo. Se assim for, qual seria o sentido de um Projeto de Memória Institucional.? Se nossa sociedade contemporânea valoriza muito mais aquilo que é jovem, porque se interessaria por suas memórias? Apesar disso, alguns […]

Em que tempos vivemos? Entre a negação e a assimilação, (anti)racismo vende!

Atrevemo-nos a recomendar o filme infantil “Uma Invenção de Natal” (2020, de David E. Talbert), disponibilizado via Netflix no dia 13 de novembro de 2020. Trata-se de uma típica estória natalina, quase clicherosa em suas boas intenções familiares. Mas possui um diferencial digno de nota: o elenco é quase integralmente negro, sem que haja a necessidade interna de chamar a atenção para este aspecto.

A quem pertence “o dedo da mão que aperta o botão”? [um percurso essencialista]

Não obstante transcorrer-se em intimidadoras quatro horas e vinte minutos de duração, o longa-metragem “Luz Nos Trópicos” (2020, de Paula Gaitán) revela-se como um dos mais importantes filmes brasileiros do ano. Ele aborda algumas contradições da sociedade brasileira – e mundial – de maneira poética e desafiadora, sendo uma espécie de derivação mais sensorial e panteísta do clássico “A Idade da Terra” (1980, de Glauber Rocha). Como a realizadora foi casada com o polêmico cinemanovista, esta associação não é nada casual, visto que ela participou diretamente das filmagens e foi diretora de arte do filme em pauta.

«Tenham noção»

Ainda não tinha vindo falar acerca da 2ª Vaga do Covid19… Aqui há uns tempos, disse que o «bom comportamento» dos portugueses, no inicio da pandemia, talvez se devesse mais à imposição das regras governamentais do que propriamente à vontade dos próprios. E disse-o tendo por base os comportamentos irascíveis adotados logo após o fim […]

“Com ou sem crise, os pneus furam”: o Capitalismo é o maior indutor de depressão que existe!

Para quem já está acostumado ao ótimo cinema comercial argentino, é sabido que um de seus mais consagrados méritos é inserir fatos socioeconômicos e políticos como essenciais para o desenvolvimento tramático. Seja numa simples comédia romântica ou num intricado enredo policial, os eventos nacionais são apresentados como corriqueiros, organicamente compartilhados entre os cidadãos.

Fome, Peste e Guerra no século XIV – Parte 1

Os motivos da crise. A trilogia enunciada em epígrafe caracteriza o conjunto de fenómenos mais relevantes e determinantes do século XIV. Esta sequência de três textos é um ensaio sobre os motivos, as características, as consequências, as estratégias de recuperação e o desfecho para o desenvolvimento das populações europeias, relevando os aspectos positivos da conjuntura. […]

Almada realizará o IV Congresso de História Local

Será realizado em Almada, Portugal, dias 15 e 16 de outubro o IV Congresso de História Local: Conceitos, Práticas e Desafios na Contemporaneidade. Esse evento pretende dar continuidade aos trabalhos desenvolvidos nas três edições anteriores, promovendo, por um lado, um encontro de investigadores que se dediquem a este ramo da historiografia e, por outro, a […]

Galeria Marca de Água e Câmara do Funchal promovem Concurso Nacional de Desenho

A Galeria Marca de Água lança concurso nacional de desenho intitulado “Desenhar a História, a partir das fotografias de Fernando Ricardo”. A Câmara Municipal do Funchal junta-se uma vez mais à galeria, numa iniciativa agora para promover a interação dos públicos infanto-juvenis, junto da arte contemporânea, nomeadamente com recurso ao desenho e às novas tecnologias […]

“O ouro muda as pessoas. Até os amigos. Tome cuidado!”: ou de quando é importante errar para prolongar os abraços…

Não obstante a perfeita consonância com o momento histórico-reivindicativo atual, Spike Lee refuta o “discurso de manada” (por melhor intencionado que seja) e opta por uma proposta discursiva muito mais complexa, provocadora e autocrítica. Demonstra que as contradições idealistas e comportamentais são inevitáveis em quaisquer contextos – principalmente, nos mais explicitamente sobrevivenciais…

I have a dream

Hoje vou ser rápido… Vem a propósito desta de onda de protestos antirracistas que se espalhou pelo mundo depois do malogrado George Floyd… É verdade que há racismo? É… É igual em todo o lado? Não… Deve-se protestar em todo o lado? Sim, porque quantos mais formos, maior visibilidade existirá e maior consciencialização haverá… Deve-se […]

Cabo do Medo

Têm-se multiplicado as notícias que envolvem o Teletrabalho; e, da mesma forma, têm-se multiplicado as observações que se fazem – através desses artigos – sob as vantagens e desvantagem do Teletrabalho… É natural; diria eu… Nunca o Teletrabalho esteve tão presente nas nossas vidas como agora. Infelizmente não foi pelas melhores razões, mas neste momento […]

O perfume confessional de um gênio: ou quando o amor ousa cantar muito mais que o nome antes não dito!

Em 15 de maio de 2020, dois dias antes do trigésimo aniversário do dia Internacional Contra a Homofobia, o músico norte-americano Perfume Genius lançou o seu quinto álbum de estúdio “Set My Heart on Fire Immediately” [em tradução livre, “ponha meu coração no fogo, imediatamente”], e cada uma das treze faixas deste extraordinário álbum serve como afirmação positiva da comemoração supramencionada.

Quantas mãos são necessárias para preservar uma vida em confinamento?

A privação severa de contato humano presencial ou o convívio forçado com agressores acentua as mazelas da depressão, cujos efeitos tornam-se devastadores durante o período em que é fortemente recomendado não sair às ruas. E é nesse contexto que o elogiado filme espanhol “A Trincheira Infinita” (2019) é aqui sugerido.

A arte no espaço público urbano e os impactos do turismo nos centros históricos

A arte no espaço público urbano, em cidades históricas e a dicotomia entre museus “avatares” e as dinâmicas do turismo, nomeadamente cultural, tem vindo a determinar as políticas culturais, criando o equívoco da condição necessária da sua sustentabilidade, quase exclusivamente comprometendo-a à atratividade turística. Significará portanto o fracasso do turismo, o fracasso das cidades e […]

Vozes de burro…

Hoje não venho dizer muita coisa… O 25 de Abril comemorou-se sábado passado e, esta sexta, celebrou-se o 1º de Maio. Mas não venho falar sobre o contexto em que estas datas foram celebradas, ou não; e, muito menos, opinar sobre como acho que os nossos governantes deveriam, ou não, ter feito perante este cenário […]

O segredo

Ler é um excelente estimulante para o cérebro e para a mente. Transporta-nos para outras realidades, outros contextos e – até – outros mundos, através das palavras; como que por magia. Não é magia, contudo, é uma ilusão; uma ilusão que por momentos nos transforma em algo. E esse algo em que nos transmutamos dependerá […]

Desenvolvimento Sustentável – Planificação de conceitos

“Isto não é ler em profundidade e dominar uma só vertente que se identifica ou apoiar-se em um só autor que coaduna com seus conceitos. Formar uma opinião é ler o contrário, buscar a natureza do oposto, no oposto, e não nos argumentos divergentes das próprias tendências.” – Maria Lina Aguiar