EnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish
EnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish

Continuas a cantar.

Continuas a cantar.

Lorca, Lorca, Lorca

Bem alto na montanha

Bem no fundo do mar

Força, força, força

Que é eterna e tamanha 

Quem te poderá abarcar?

Como se abraça o infinito?

Como se açambarca o eterno?

Fica o dito pelo não dito

Encontram-se céu e inferno . 

Alma que sangra

Palavra que fere

Sentimento que acaricia . . .

Desejo quere

Voos,  voa,  e aí se delicia

Pássaro liberto, segue

Rumo além da fantasia.  

Antológicas, página 106.

Descarregar artigo em PDF:

Download PDF

Partilhar este artigo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

TAGS

LOGIN

REGISTAR

[wpuf_profile type="registration" id="5754"]