Sou um escritor multi-género, com alguns livros publicados; o último dos quais pela Coolbooks - Porto Editora - em 2017: Marta. Nasci em 1973, sou casado, português, licenciado em Sociologia, curioso com as coisas do mundo e do universo e preocupado com a expansão de consciências. Publico semanalmente no meu blog https://justreadit.blogs.sapo.pt, onde assino sob o meu pseudónimo PJ Vulter.

Artigos deste autor:

Uncategorized
PJVulter

Trem Bala

No entanto, há duas ilusões maiores para as quais queria chamar a vossa atenção: a abóbada celeste e a crosta terrestre. O céu azul não é uma redoma inquebrável e a crosta terrestre não é solo sagrado…

Ler Artigo »
Sociedade
PJVulter

Humanos, Todos Poderosos

Quanto aos casos clínicos, pouco posso dizer. Mas quanto aos restantes, gostaria de lembrar-vos – a todos – que são apenas humanos

Ler Artigo »
Cultura
PJVulter

À Procura da Felicidade

Nessa altura os nossos cérebros são invadidos pelo país dos porquês; os soldados irrompem pelas nossas fronteiras, desenhadas preto no branco, esmagam os nossos Sins, fuzilam os Nãos, prendem os Mais e escravizam os Menos.

Ler Artigo »
Cultura
PJVulter

O Estigma

O Fantástico é vítima de um contexto de preconceito, como ocorre com tantas outras coisas na nossa sociedade, onde – ainda – o ser diferente continua a ter os dedos apontados, enquanto o apelidam de tudo e mais alguma coisa

Ler Artigo »
Comunicação
PJVulter

O Abismo

Milhares de pessoas morrem afogadas todos os dias nas redes sociais: molham os pés; vão entrando até à cintura; e depois uma corrente fenomenal arrasta-os para águas profundas. De repente não conseguem ver outra coisa que não a rede social; nem lhes passa pela cabeça que pode existir vida fora da rede… Ou seja, as redes sociais, através dos seus elementos, vão enredando toda a gente fazendo crer que é ali que está a solução para tudo e que só ali se poderão encontrar respostas para o seu problema – seja ele qual for…

Ler Artigo »
Uncategorized
PJVulter

A máquina de fazer infelizes

Tudo aquilo que nós pretendemos ter, hoje, é uma construção dos outros. Não deveria ser; mas é. E até podem não concordar; mas acho que estão errados…

Ler Artigo »
Uncategorized
PJVulter

Interpretatite, vulgo: gripe das letras

Vivemos num mundo global com acesso fácil à comunicação… É fácil parecer uma maioria; e lembro que só os descontentes protestam, pelo que não conseguimos comparar o número de descontentes com os que estão satisfeitos…

Ler Artigo »
Uncategorized
PJVulter

Mortos à Chegada

Andámos feitos loucos atrás de uma cenoura – uma vida inteira – para depois percebermos que não fizemos nada do que queríamos e que a maior parte das coisas que temos não são as que desejámos. O que é que se passou?

Ler Artigo »
Uncategorized
PJVulter

Glória dos Traidores

quando não gostamos de filmes ou livros, não assistimos e não lemos; ponto final. Não vamos exigir ao estúdio que faça um novo filme e, muito menos, pedir ao escritor para escrever o livro de outra maneira

Ler Artigo »
Uncategorized
PJVulter

A Verdade

Talvez a Verdade seja algo tão inacessível para nós que nós, nessa busca, apenas entendamos partes da Verdade. E, sendo assim, aquilo que cada um de nós proclama como a Verdade pode apenas ser uma parcela da Verdade, uma interpretação possível da Verdade…

Ler Artigo »
Globalização
PJVulter

Na Torrente do Mundo

É como se nos atirássemos para uma torrente vertiginosa e, tentando manter a cabeça à tona, fossemos indo – com mais um pirolito ou outro – na esperança de encontrar a margem…

Ler Artigo »

LOGIN

REGISTAR