Sou um escritor multi-género, com alguns livros publicados; o último dos quais pela Coolbooks - Porto Editora - em 2017: Marta. Nasci em 1973, sou casado, português, licenciado em Sociologia, curioso com as coisas do mundo e do universo e preocupado com a expansão de consciências. Publico semanalmente no meu blog https://justreadit.blogs.sapo.pt, onde assino sob o meu pseudónimo PJ Vulter.

Artigos deste autor:

Sociedade
PJVulter

Psico

Esta semana não tenho grande coisa a dizer… A não

Ler Artigo »
Ciências
PJVulter

Memoires

O que fará com que deixemos nos tornemos vítimas silenciosas do pessimismo e do medo com que a nossa mente nos vai acicatando?

Ler Artigo »
Sociedade
PJVulter

A longa estrada para casa

Em Dezembro, a Estrada que me leva a casa ficou mais longa. E tudo isto devido a um comportamento inexplicável dos portugueses. Há um fenómeno nas nossas estradas – e muitos já o conhecem; infelizmente é sintomático de outros problemas que afectam as famílias portuguesas. Acho que merece uma reflexão…

Ler Artigo »
Letras
PJVulter

Crepúsculo dos Ídolos

As pessoas hoje seguem bloggers, artistas e desportistas, mas fazem-no, não pelo que eles simbolizam em termos morais ou por aquilo que eles fazem no mundo; fazem-no em nome das suas conquistas materiais: do que ganham, do que têm e do que conquistam. E o resultado disto, para as pessoas, não pode ser a sua ascensão a uma melhor versão, já que tudo o que querem é ter o que os seus «Ídolos» – e as aspas não são por acaso – têm.

Ler Artigo »
Letras
PJVulter

Um estranho caso; como o do Beijamin Buttom…

Falar do processo de escolha de uma editora assim, e colocar as diferenças hipotéticas entre os diversos tipos de edição, desta forma, só pode advir de alguém que replica as informações institucionais do mercado editorial, ou de alguém que nunca passou pelo processo de publicar um livro.

Ler Artigo »
Letras
PJVulter

O Mundo não é para Velhos

A maioria de nós desperdiça a vida; achando que está a investir num futuro que depois não se concretiza. Não; não estou a falar de sonhos por conquistar ou das expectativas cor-de-rosa da vida… Estou a falar de coisas tão simples como viver.

Ler Artigo »
Letras
PJVulter

Era uma vez uma Aventura

A Aventura da escrita é diferente de escritor para escritor. Não há uma fórmula, não há um método, não há uma técnica; o que há é trabalho árduo, estudo, experimentação, aplicação e dedicação.

Ler Artigo »
Letras
PJVulter

Paradoxo

No momento em que abrimos as goelas para o mundo, para soltarmos o nosso grito de vitória, a nossa primeira manifestação de vida, somos livres, selvagens, não pertencemos a nada – nem a ninguém; simplesmente somos… No entanto, isso muda instantes depois… Instantes depois, alguém nos coloca nos braços da nossa mãe e tudo muda…

Ler Artigo »
Letras
PJVulter

Problemáticas

Os problemas podem ser complexos e urgentes de solucionar, mas devem sempre ser vistos como problemas; uma entidade inócua.

Ler Artigo »
Letras
PJVulter

Os Capitães Cuecas…

Por isso, resolvi vir aqui dar-vos um conselho. Quando isto vos acontecer – e o mais certo é que aconteça – perdoem-lhes; são parvos bem-falantes. São como aquelas pessoas que usam perfume para disfarçar o mau cheiro; sabem?

Ler Artigo »
Sociedade
PJVulter

O mundo de pernas para o ar

Mas isto serve apenas para demonstrar em como a nossa postura social está errada e a traduzir-se no empoderamento de gente incompetente, ao permitir-lhes prosseguir com a ilusão de autoridade que tem sobre determinado assunto, e a manter ocupados outros indivíduos com assuntos nos quais nunca serão competentes. 

Ler Artigo »
Uncategorized
PJVulter

Anticlímax

Vamos lá ver uma coisa… Eu não vou dizer que não temos feito mal à Terra, que não temos alguma responsabilidade pela forma irresponsável e egoísta como temos gerido os recursos planetários, mas vou dizer que somos uma formiga a tentar influenciar um elefante…

Ler Artigo »
Uncategorized
PJVulter

Quem tem medo do Lóbi mau

E é isto… O lobo é para a Capuchinho Vermelho o que um Lóbi é para nós: uma ameaça à nossa capacidade de pensarmos pela nossa própria cabeça;  sermos curiosos e irmos mais longe do que temos ido, enquanto sociedade.

Ler Artigo »

LOGIN

REGISTAR